Saiba como evitar problemas na logística de transporte de veículos

O mercado de transporte de veículos e cargas no Brasil é responsável por movimentar mais de 60% das mercadorias que circulam pelo país. Com tantos desafios, as empresas especializadas passam a buscar cada vez mais por soluções para problemas comuns na logística do transporte rodoviário, a fim de que este se torne ainda mais seguro e eficiente.

Frente à importância do setor, os donos de transportadoras precisam compreender as necessidades do ramo e investir em estratégias que possam prevenir tais obstáculos, focando nos desafios que afetam o mercado de transportes.  

Confira abaixo como driblar os principais problemas que afetam a logística do transporte de veículos e cargas no Brasil e aperfeiçoe seus serviços.

Monitoramento da Frota

O problema da falta de infraestrutura das estradas não é nenhuma novidade. Dependendo do destino da entrega, é possível que caminhão precise transitar por estradas esburacadas, irregulares e pouco iluminadas, o que coloca em risco a segurança da carga e do próprio motorista.

Para evitar prejuízos causados por acidentes nas estradas ou pela ação de quadrilhas especializadas no roubo de cargas, a solução é adotar uma medida preventiva e investir em sistemas de rastreamento e monitoramento da frota.

Ao adotar algumas estratégias de monitoramento, como o acompanhamento da frota via GPS, outros problemas de logística também podem ser reduzidos, como atrasos na entrega e a perda e avaria de cargas.

O uso de ferramentas que emitem alertas sobre acidentes e bloqueios nas rodovias também é uma alternativa para evitar tais problemas.

Planejamento de rotas

É sabido que o planejamento de rotas é essencial para melhorar os serviços da empresa de transportes, ajudando no controle de entregas e garantindo um atendimento melhor para os clientes.

Para administrar a distribuição de cargas, dos sistemas de trânsito e ainda dar conta de atuar em grandes áreas do território brasileiro, o sistema de operações de uma transportadora deve adotar elementos que tornam a gestão de rotas mais eficiente e dinâmica.

Atualmente é possível utilizar a tecnologia para otimizar tais processos e melhorá-los. O uso de softwares de roteirização pode ajudar a calcular as melhores rotas. Os sistemas são programados para encontrar o trajeto mais curto e evitar estradas congestionadas, com altos índices de assaltos e pouca manutenção.

Isso otimiza o tempo de entrega, já que o sistema também ajuda a agrupar os serviços com destino próximos, definindo qual a melhor ordem de entregas e evitando a necessidade de retornos.

Controle de horários e custos

Como citamos acima, o roteirizador é um instrumento muito útil para planejar rotas, mas ele também pode auxiliar no controle de custos e na diminuição dos gastos com combustível e manutenção da frota. Com a possibilidade de organizar uma rota mais eficiente, os trajetos mais curtos evitam o desgaste precoce dos veículos e ajudam estimar com mais precisão o uso de combustível necessário para realizar o trajeto.

Outra forma de melhorar o controle de gastos e horários da empresa é adotar uma ferramenta de agendamento de entregas para otimizar as entregas e reduzir o tempo de espera dos pedidos, deixando o sistema mais organizado e fluído.

Equipe qualificada

Investir no treinamento dos colaboradores é a principal ação para garantir que sua equipe esteja qualificada e possa administrar o trabalho com precisão. Além disso, fidelizar motoristas, promover boas condições de trabalho e salário compatível com o mercado são a melhor forma de assegurar que sua equipe seja produtiva.

Ter motoristas e colaboradores operando em alta performance é fundamental para o crescimento do negócio, por isso é tão importante garantir que todos dominem as necessidades da empresa e tenham conhecimentos sobre a infraestrutura, distribuição, atendimento ao cliente e outros aspectos da logística.

Aumento da produtividade

A ociosidade e a circulação de caminhões vazios são alguns contratempos comuns relacionados à baixa produtividade de uma transportadora. Tais problemas geram prejuízo para a empresa, já que aumentam os custos e desperdiçam rotas de retorno sem carga.

Outro ponto importante é a falta de planejamento no preenchimento do compartimento de carga ou caminhão cegonha. Circulando com carga insuficiente para preencher todo o compartimento, a viagem acaba por gerar prejuízos e desperdício de recursos.

Para evitar esse cenário, é necessário investir em gerenciamento e observar o índice de ociosidade da frota, identificando veículos que viajam vazios, caminhões parados e aqueles que seguem com pouca carga.

Analisar o volume de contratação dos serviços e investir no planejamento de rotas e agendamento de entregas é essencial para amenizar esses problemas. Conhecer a previsão de vendas também é importante para identificar se a empresa possui veículos além do necessário ou se precisa investir em novos caminhões.

Seguindo essas dicas fica muito mais fácil evitar alguns dos problemas mais comuns na logística de transporte rodoviário e garantir mais qualidade no serviço. Fique atento!

Faça uma cotação

One comment on “Saiba como evitar problemas na logística de transporte de veículos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *