Logística sustentável: o papel das transportadoras para um mundo melhor

Garantir que todas as áreas envolvidas no transporte de cargas, desde a contratação do serviço até a entrega, gerem o menor impacto ambiental e ainda tragam benefícios aos envolvidos: isso é logística sustentável. Dominando o mercado brasileiro de frete de mercadorias e bens, as transportadoras são hoje as responsáveis por implementar e levar adiante essa prática que não visa somente ajudar o meio ambiente.

A logística sustentável surgiu como uma proposta para reduzir os impactos sobre a flora, fauna, ar, solo e água, e promover a sustentabilidade na esfera pública e no setor particular. A iniciativa passou a ser aplicada em longa escala após o Decreto Nº 7.746 de 5 de junho de 2012, que estabeleceu regras e boas práticas que, além de trazer benefícios para o meio ambiente, também trazem grandes vantagens para as transportadoras que levam seu compromisso a sério, já que sua adesão melhora a imagem da empresa perante o mercado, promove o bem-estar dos colaboradores, otimiza processos de trabalho e ainda melhora a rentabilidade do negócio.

Quando pensamos em sustentabilidade na área de transportes, a primeira coisa que nos vem a mente é a emissão de CO2 e gases poluentes. Mas, mesmo sendo um dos primeiros fatores revistos para a implantação de logística sustentável nas transportadoras, essa não é a única área envolvida no processo de deixar toda a empresa mais ecológica.

Confira aqui quais os principais pontos que transformam as transportadoras em verdadeiros pilares para um mundo melhor.

As transportadoras e a responsabilidade da logística sustentável

A sustentabilidade abrange três pontos: ambiental, social e econômico. Isso significa que a prática da logística sustentável vai tratar não apenas das emissões de poluentes dos caminhões, mas também de todo o aspecto social da transportadora e do meio onde ela está estabelecida, além de promover mudanças que trarão impacto econômico e melhoria na gestão de gastos e recursos da empresa.

As ações necessárias para a eficiência da logística sustentável nas empresas de transporte de cargas são simples, mas é importante compreender os aspectos que envolvem o processo de adoção de práticas ecológicas. Compreender cada um desses pilares é fundamental para aplicar a sustentabilidade à logística de transporte.

Ambiental

Reduzir as emissões de poluentes através da frota é um dos pontos principais para adotar práticas ecológicas e mantê-las em funcionamento. Isso significa que caminhões com bom funcionamento, vistorias em dia e o uso de combustíveis menos poluentes, como diesel S10, são um bom início.

Investir em uma frota mais moderna também é o caminho para otimizar os processos de entrega e garantir um trabalho mais efetivo e ecológico. A longo prazo, a prática gera não só benefícios para o planeta, como também para a economia da transportadora.

Além disso, o descarte correto de materiais necessários não só no transporte, mas nas ações de escritório, por exemplo, são fundamentais. Estabelecer a coleta seletiva de lixo reciclável e a substituição de material impresso por recursos eletrônicos são boas sugestões.

Principais pontos ambientais para implementação da logística sustentável:

  • Manutenção preventiva da frota;
  • Modernização dos Veículos;
  • Utilização de combustíveis mais eficientes e ecológicos;
  • Controle do desempenho dos veículos e dos índices de emissões;
  • Adequação ao Programa de Controle de Emissões Veiculares por Veículos Automotores (Proconve);
  • Descarte correto e reciclagem de materiais;
  • Utilização de fornecedores com bons padrões de sustentabilidade;
  • Obtenção de certificados como o ISO 14001.
Social

De forma prática, o aspecto social da logística sustentável deve incluir o treinamento de motoristas e outros funcionários da transportadora, a fim de promover a prática das atitudes sustentáveis em todas as áreas da empresa. A capacitação profissional dos colaboradores garante não só um ambiente mais ecológico, como também um bom desenvolvimento de trabalho.

Para os motoristas, o trabalho envolve a direção segura, que evita acidentes e não coloca em risco a população que circula na região do trajeto do veículo, além das boas práticas de ergonomia e o respeito à jornada de trabalho e condições seguras de condução.

Principais pontos sociais para implementação da logística sustentável:

  • Treinamento de equipe das boas práticas da sustentabilidade no local de trabalho;
  • Capacitação de motoristas para o transporte de cargas;
  • Incentivo e programa de recompensa para direção segura;
  • Palestras sobre ergonomia e boas práticas de direção;
  • Envolvimento com a comunidade;
  • Uso de mão de obra local.
Econômica

O aspecto econômico influencia e é diretamente afetado pelas boas práticas ambientais e sociais na logística sustentável. Afinal, ao realizar a manutenção preventiva da frota, por exemplo, você reduz possíveis gastos com consertos e peças, evita acidentes e a quebra de caminhões no meio da viagem, o que pode acarretar atrasos ou até mesmo perda da carga. 

Outras práticas que podem aumentar o benefício econômico da logística sustentável são:

  • Planejamento de rotas que reduzam e otimizem o trajeto;
  • Adoção de sistemas de carga e descarga mais eficientes (como o drop & hook, por exemplo);
  • Investir em estudos que ajudem a otimizar a logística de acordo com as necessidades da empresa;
  • Otimização da organização da carga no veículo;
  • Utilização de veículos com maior eficiência energética;
  • Emprego do rastreamento em tempo real do transporte de carga;
  • Implementação da “logística enxuta”: análise dos processos e identificação de quais etapas devem ser mantidas e quais podem ser descartadas;
  • Implementação da logística reversa*;
  • Utilização de coleta e distribuição noturna;

Adotando as práticas da logística sustentável é possível criar uma política de respeito e redução de impacto ao meio ambiente, além de melhorar os resultados da empresa a médio e longo prazo. É o transporte de cargas a favor da ecologia.

Faça uma cotação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *