Solicitar Cotação Online
Transporte de Moto: conheça o procedimento

A primeira providência para executar o transporte de qualquer tipo de veículo, é prestar atenção à segurança. No caso do transporte de moto, essa segurança deve ser redobrada por uma razão muito específica: diferente dos carros, elas têm a estrutura menor e mais frágil, exigindo mais preparo e experiência da empresa responsável.

Por isso, o transporte de motos deve ser feito por uma empresa de confiança e obedecer algumas regras básicas, como por exemplo:

1 – Cronograma

É necessário calcular o tempo necessário para entrega. Isso evita atrasos e garante que o proprietário esteja no local de entrega para receber o veículo. A construção deste cronograma exige planejamento, conhecimento das estradas a serem percorridas, informações sobre o trânsito e responsabilidade por parte da empresa de transporte.

2 – Veículo de transporte

O transporte de moto pode ser feito com dois tipos distintos de veículo. O reboque aberto, que tem a segurança do transporte garantida pelas amarras resistentes que mantém a motocicleta fixa. E o reboque fechado, que é mais caro, mas também protege o veículo contra avarias que podem ser causadas pelo tempo. A escolha do reboque aberto ou fechado deve ser feita de acordo com a necessidade do cliente e da moto, levando em consideração seu tamanho, fragilidade e valor.

3 – Transportadora

A escolha da empresa que fará o transporte da motocicleta é o passo mais importante. É preciso realizar uma ampla pesquisa sobre a empresa que vai prestar esse serviço para garantir que o veículo esteja em boas mãos. Entre os cuidados mais comuns, podemos citar:

- Conferir se a empresa tem os registros necessários junto aos órgãos de fiscalização e se possui as licenças para executar cada operação;
- Conversar com clientes que já utilizaram o serviço para pedir referências;
- Ter a garantia de que o trajeto terá cobertura total que inclua riscos ocorridos dentro dos pátios e pontos de apoio da transportadora.

4 – Rotas definidas

As rotas pré-definidas e o rastreamento por GPS garantem mais segurança ao transporte de uma moto. Assim, é possível acompanhar todo o trajeto e controlar a hora de entrega com mais eficiência.

5 – Acompanhamento

Depois de contratar uma empresa especializada, acompanhe todo o processo para ter certeza de que o transporte da moto será feito com o mínimo de impacto possível. Embalar a motocicleta para evitar danos à pintura e à lataria é essencial, independente do tipo de reboque utilizado no transporte.

6 – Verificação antes e depois da entrega

A empresa que vai fazer o transporte da moto deve fazer um laudo sobre o estado que recebeu o veículo, a fim de levantar marcas, riscos e deformidades já existentes. Este laudo deve ser comparado com uma vistoria na hora da entrega, para garantir que a motocicleta não sofreu nenhum dano durante o transporte.

7 – Condutor

É essencial que o motorista que vai transportar a moto tenha experiência e conheça o trajeto. Isso evita atrasos e outros imprevistos.

Levando tudo isso em consideração, a melhor solução para o transporte de moto é sempre buscar uma empresa especializada e com reconhecimento público de seu serviço.

X